Passeata de professores deixa trânsito complicado no entorno da Praça da Assembleia

Após a realização de mais uma assembleia nesta tarde de quarta-feira (31), os professores estaduais

Previsão é que parte do grupo se divida e bloqueie, ao mesmo tempo, vários pontos da cidade
 
decidiram manter a greve, que já dura 85 dias, e seguiram em passeata pelas ruas de Belo Horizonte. De acordo com a BHTrans, o trânsito é bastante lento no entorno da Praça da Assembleia e a previsão é que o tráfego fique impraticável nas principais ruas de acesso ao centro da cidade.
Por volta das 17h10, cerca de cinco mil pessoas, conforme o Batalhão de Trânsito da Polícia Militar, passavam pela rua Álvares Cabral, em direção à Praça da Liberdade. No entanto, segundo o Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação em Minas Gerais (Sind-UTE/MG), cerca de nove mil professores participam do protesto.
Conforme a BHTrans, a previsão é que parte do grupo se divida e bloqueie, ao mesmo tempo, vários pontos da cidade, assim como aconteceu na semana passada. A informação, no entanto, não foi confirmada pelo sindicato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!