Homem é preso em Santos Dumont após bater em mulher e atropelar militar e adolescente

Um homem de 40 anos foi preso na noite dessa quinta-feira (29) em Santos Dumont, na Zona da Mata, depois de bater na companheira, de 20 anos, e atropelar um policial militar e um adolescente de 15 anos. Por sorte, pessoas que participavam de uma festa na cidade também não ficaram feridas. O homem foi detido suspeito de tentativa de homicídio e o crime foi motivado por ciúmes.
Conforme a PM, o casal estava na avenida Presidente Getúlio Vargas, no centro da cidade, quando começou a discussão. A mulher se recusou a entrar no carro do suspeito, um Chevette de cor branca, e foi agredida com socos e chutes. Nervoso, o homem saiu em alta velocidade e por pouco não atropelou participantes da festa de São Miguel, que acontecia na cidade. A população presenciou toda a cena e chamou a polícia.
Ao avistar a viatura da PM, o condutor não obedeceu uma ordem de parada e avançou em direção a multidão. Um adolescente de 15 anos foi atropelado e precisou de atendimento médico. Ele teve apenas ferimentos leves e não corre risco de morte.
Em seguida, o suspeito jogou o carro em cima dos militares e atingiu um deles. A vítima caiu sobre o capô do veículo e teve ferimentos por todo o corpo. Antes de ser preso, o homem ainda subiu no canteiro central e foi fechado por uma viatura. Um policial que estava posicionado atrás do carro, fazendo a segurança dos colegas, foi derrubado e, acidentalmente, disparou um tiro que atingiu o vidro traseiro do veículo e a porta dianteira esquerda de uma das viaturas.
A mulher, que teve de ser socorrida após a agressão, contou que o companheiro ainda tentou rasgar sua roupa por ciúmes. Ele ainda disse que "isso seria só o começo e que ia terminar o serviço de qualquer maneira".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!