BOMBEIRO É DETIDO APÓS FAZER TRÊS REFÉNS EM LANCHONETE NA TAMARINEIRA


Oficial manteve arma apontada para cabeça de vítimas. Houve correria e PM foi acionada

Do Jornal do Commercio
Gilson Correia passou por momentos de pânico / Foto: Hélia Scheppa/JC Imagem

Gilson Correia passou por momentos de pânico

Foto: Hélia Scheppa/JC Imagem


Três homens passaram por momentos de pânico, na madrugada de domingo (27), sob a mira de um capitão do Corpo de Bombeiros, em uma lanchonete da Tamarineira, Zona Norte do Recife. Policiais militares que faziam ronda na área flagraram quando ele engatilhava a arma e apontava para a cabeça de uma das vítimas. O oficial se rendeu.

Bombeiro, vítimas e testemunhas seguiram para a delegacia de Casa Amarela, na mesma região. Acusado de constrangimento ilegal e ameaça, o capitão Bruno José da Silva, 42 anos, pagou fiança e responderá ao processo em liberdade. O valor estipulado foi de dois salários mínimos.

Um comentário:

  1. se fosse um praça estaria no creed e se fosse recruta, estaria no olho da rua.....

    ResponderExcluir

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!