Civil prende Ganso acusado de homicídio em Itabira, ele negou os crimes


A Polícia Civil prendeu um jovem conhecido pelo apelido de "Ganso", que é  acusado de homicídio em Itabira. Ele negou os crimes e disse a imprensa que tem apenas assaltos praticados em Sete Lagoas, tráfico e outros assaltos em Itabira.
Itabira/MG – O foragido da justiça Guilherme Lopes de Freitas, conhecido pela alcunha de “Ganso”, 21 anos, foi preso por investigadores da Policia Civil de Itabira, quando estava na casa de um amigo no Aglomerado do Marajó.
Ganso estava com prisão preventiva expedida em Itabira e foi preso em Sete lagoas após assaltar uma casa lotérica daquela cidade, em que se envolveu em um acidente durante a fuga.
Pouco depois, misteriosamente, Ganso conseguiu escapar da cadeia local, devido a falha de um agente penitenciário. Desde então ele estava sendo procurado pela policia mineira.
Após uma denúncia anônima os investigadores da Civil de Itabira foram informados de que Ganso estava escondido naquele aglomerado. No interior da casa, e sem ter como fugir, Ganso foi encontrado escondido debaixo de uma cama, sendo levado à Delegacia de polícia no bairro Campestre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!