Mancini é condenado a quase três anos de prisão


Mancini foi acusado de estuprar uma jovem após uma festa

 realizada em Milão, na casa de Ronaldinho Gaúcho

DA REDAÇÃO – Segundo informações do jornal italiano Gazzetta dello Sport, o meia atleticano Mancini foi condenado a dois anos e oito meses de prisão por ter estuprado uma jovem após festa realizada em Milão, na casa de Ronaldinho Gaúcho (jogador do Flamengo), na madrugada do dia 8 para o dia 9 de dezembro de 2010. 
Segundo o processo que corre na justiça italiana, Mancini teria conhecido uma jovem brasileira durante a confraternização e, após levá-la em casa, teria se aproveitado do estado de inconsciência da jovem para manter relações sexuais contra a vontade dela. No dia seguinte, ao perceber o abuso, a jovem prestou queixa à polícia por violência sexual e lesão corporal, uma vez que também havia sofrido escoriações. 
Apesar do imbróglio com a justiça italiana, Mancini – que é ipatinguense, nasceu e foi criado no Bairro Ideal – participou normalmente da partida entre Atlético e Botafogo, no último domingo (27), em Sete Lagoas. O jogador sempre negou as acusações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!