Após denúncia de festa regada a droga e bebida, PM prende oito pessoas e apreende 300 kg de maconha


Após a denúncia de uma festa regada a drogas e bebida, nesta segunda-feira (19), no bairro Cabana do Pai Tomaz, região Oeste da capital, a Polícia Militar chegou até um apartamento, no bairro Caiçara, e apreendeu 300 kg de maconha. Segundo a PM, os entorpecentes foram encontrados no apartamento de uma mulher, que foi presa. Outras duas mulheres e cinco homens, entre eles chefe do tráfico no Cabana, de 33 anos, que participavam da festa, também foram detidos.
Conforme informações do tenente Almeida, do 5º Batalhão, a corporação recebeu uma denúncia anônima de uma comemoração no Cabana regada a drogas e bebidas, com traficantes dando tiros para o alto. Quando os policiais chegaram ao endereço, um homem armado na porta de um beco saiu correndo para o local onde ocorria a festa.
Após perseguir o suspeito, a polícia prendeu ele e mais seis pessoas que estavam no local. Em seguida, os militares localizaram o carro do chefe do tráfico. “Encontramos no veículo um celular que não parava de tocar. Era uma mulher querendo receber dinheiro de droga”, relatou. Após marcar um encontro com ela, os militares localizaram a grande quantidade de maconha, uma das maiores apreensões da polícia no ano.
O tenente informou que a droga teria vindo de São Paulo e que abastecia toda a região do bairro Cabana. Além dos entorpecentes, a PM apreendeu uma arma de fogo, uma balança de precisão e R$ 465 em dinheiro.
Os suspeitos e o material apreendido foram encaminhados para a Seccional do Barreiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!