Polícia militar de Itabira mostra o seu poder

Executores de Saimon Lage são presos pela PM em São Gonçalo
1   Data: 23/12/2011

O setor de inteligência da Policia Militar de Itabira realizou a prisão de quatro pessoas na noite de quinta e madrugada de sexta-feira sob a acusação na morte Saimon Lage Silvério, 21 anos, entre eles um menor.
Itabira/MG –
 Os militares de Itabira conseguiram informações que o assassino de Saimon Lage estaria escondido em um sitio na localidade de Bom Sucesso, na localidade dos Martins, divisa dos municípios de Itabira com São Gonçalo do Rio Abaixo.
Por volta das 21h os PMs seguiram para o local informando por um informante que relatou que o autor do homicídio e o rapaz que teria lhe dado fuga estaria juntamente com outros dois ou três indivíduos na área da Fazenda Bom Sucesso, que pertence a familiares do suposto autor, que seria o jovem Erick Gonçalves de Lima, 20 anos.
Os policiais foram ao local, investigaram a denuncia e pediram apoio, seguindo para o local, três equipes das Rondas Táticas Municipais (Rotam), uma equipe do Grupo de Intervenção Rápida Ostensiva (Giro), sob o comandado do tenente Martins.
Após cercar toda área da sede da fazenda e anunciaram à chegada da polícia, os três homens tentaram fugir, sendo que o suspeito Erick Lima e um adolescente de 15 anos foram capturados de imediato, em seguida um rapaz conseguiu fugir após trocar tiros com os militares. Porem na fuga deixou cair à arma de fogo que levava consigo.
Ao fazer uma revista no interior da casa os PMs encontraram Jhon Marcos Pereira, 21 anos, que também foi preso, em um quarto da moradia foi localizada a segunda arma de fogo.
Uma quarta pessoa com diversas passagens pela policia também foi preso, sob a acusação de ter dado fuga ao Jhon e Erick horas após ao cometimento do homicídio, levando-os para esta fazenda. Ao final dos trabalhos todos foram levados para a Delegacia de Polícia Civil, no bairro Campestre, juntamente com as armas, o menor apreendido também foi entregue naquela unidade policial.
Armas: Foram dois revolver calibre 38 apreendidos, um deles novo com a numeração visível e um cartucho picotado, já o segundo revolver mais velho com três capsulas deflagradas ainda no tambor da arma. A suspeita é que esta segunda arma possa ser a usada para executar o Saimon. Cabe agora ao laboratório de balística da Policia Civil fazer exames de comparação das ranhuras internas do cano com os projétil retirados da cabeça da vitima pelo médico legista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!