Traficante Mineiro tem parceria com Comando vermelho no Rio de Janeiro

Droga seria de traficante preso em penitenciária de segurança máxima; dois foram detidos por lavagem de dinheiro


Apontado como o principal traficante de Minas Gerais, Luiz Cosme Barbosa, conhecido como "Barriga", pode estar por trás de uma apreensão de 7,5 toneladas de maconha ocorrida anteontem em Santana do Pirapama, região Central de Minas. O traficante está preso desde junho de 2010, mas teve seu nome citado por Cristiano André Nunes da Silva, de 25 anos, preso com o carregamento. De acordo com o chefe da Divisão Especializada em Investigação Antidrogas, Luiz Flávio Cortat, essa foi a maior apreensão de maconha nos últimos cinco anos. "Chamou a nossa atenção o fato de ele ter mencionado o Barriga como dono da droga. Ele está preso, mas sabemos que isso não é empecilho para que os traficantes continuem agindo", admitiu o delegado. Atualmente Barriga está na penitenciária de segurança máxima de Francisco Sá. A Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) informou que, no local, não há sinal de telefone celular. 

Na manhã de ontem, a polícia prendeu Heitor Fernando Carneiro Silva, de 55 anos, acusado de lavar dinheiro para Barriga. Há quatro anos, a polícia encontrou um depósito de R$ 200 mil na conta bancária de uma empresa de Silva, que teria sido feito pela ex-mulher do traficante Barriga, Margarete Nonata de Oliveira. 

Heitor Silva é apontado pela polícia como responsável financeiro por cinco empresas fictícias que estariam envolvidas em lavagem de dinheiro para a facção criminosa Comando Vermelho (CV), no Rio de Janeiro. Nas contas das empresas, todas sediadas em Minas, teriam sido feitas movimentação financeiras de R$ 80 milhões nos último dez meses. 

Também foram presos ontem David Wilson da Silva, de 24 anos, outro apontado como responsável financeiro das empresas que estariam lavando dinheiro para o CV, e Ricardo Henrique Miranda, de 31, que seria laranja das empresas-fantasma. 

De acordo com o delegado, não há comprovação de que Heitor Silva estaria lavando dinheiro para Barriga atualmente, mas a polícia investiga se o traficante continuaria fazendo depósitos em nome de outras empresas. 

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Até parece que os verdadeiros perigozões do tráfico são assim como esses aí da foto!
    Esses não passam de bobos que ficam na linha de frente de tiro,acabando com a vida cedo só porque acham bonito e se sentem poderosos portanto fuzis.Deem uma olhadinha na cara de "poderosa" da gordinha de trancinhas.
    Enquanto quem tá pondo dinheiro no bolso que é o Barriga, nem parece violento!
    Esse negócio da banalização do crime já tá enchendo o saco.......

    ResponderExcluir

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!