Após tentar matar um desafeto que conseguiu escapar, homem incendeia moto da vítima




Itabira/MG – No dia em que o serralheiro Wellington Afonso dos Santos completou 29 anos, ele quase acabou morto com um tiro. Não satisfeitos, dois rapazes ainda atearam fogo na motocicleta da vítima.
Após sair do serviço e seguir para casa no bairro Madre Maria de Jesus, por volta de 12h 30min deste sábado 28 de janeiro, Wellington por pouco não foi assassinado. Ele estava em sua motocicleta Honda CG Titan 150 prata, placa HHN-5528, passando pela rua cinco entroncamento com rua seis, quando foi abordado por um individuo que constantemente se envolve em troca de tiros.
Em uma conversa rápida entre os dois, o individuo queria saber o que o rapaz estava fazendo e se tinha amizade com moradores de outro ponto do bairro, que tem rixa com esse individuo. Momento em que o serralheiro respondeu que conversava com todos do bairro, que não tem problema com ninguém.
Em uma atitude de afronta e se dizendo ser dono da rua e daquele pedaço, rapidamente o individuo ligou para um comparsa que estava em uma casa próxima ao local da abordagem e na ligação ainda disse para ele trazer a “peça-draga”. Naquele momento surgiu o comparsa trazendo uma espingarda aparentando ser de calibre 44.
Temendo pela própria vida Wellington Santos abandonou a motocicleta no entroncamento entre as duas ruas e saiu correndo. Na mesma hora um dos indivíduos efetuou um disparo.
Não satisfeitos com a intimidação proporcionada ao serralheiro, que estava chegando do serviço na moto que usava para se locomover, os dois indivíduos jogaram o veículo no chão, abriram o tanque de combustível, deixaram a gasolina escorrer e em seguida atearam fogo, provocando com que a moto ficasse totalmente carbonizada.
Os militares chegaram ao local e iniciaram os trabalhos para localizar os dois autores e principalmente a arma longa, que se confirmada como sendo calibre 44, seria de uso restrito do exercito.
O Perito Técnico Piazza, da Polícia Civil, esteve no local realizando os trabalhos necessários e em seguida liberando a motocicleta, ou melhor, o que restou dela.
Ate’ o fechamento desta matéria os policiais não haviam conseguido localizar a dupla.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!