Assaltante deixa homem baleado em farmácia

Bandido supostamente drogado atirou contra vigia que havia acabado de entrar no estabelecimento. Criminoso fugiu com um comparsa em uma Honda XRE


FABRICIANO – Completamente transtornado, conforme descreveram testemunhas, um homem invadiu uma farmácia no distrito de Melo Viana, em Coronel Fabriciano, na noite desta terça-feira (17), e por muito pouco não consumou um assassinato. Empunhando um revólver, ele anunciou que se tratava de um assalto assim que entrou no estabelecimento, mas se assustou diante da chegada de um cliente e disparou duas vezes. O bandido estava acompanhando de um comparsa e fugiu em uma moto vermelha modelo Honda XRE.

 
Lairto Martins

O sargento Corrêa, do Corpo de Bombeiros, chegou rapidamente ao local do crime e socorreu a vítima ao Hospital Vital Brazil


O sargento Robson Neves, da PM, trabalhou no caso e discorreu acerca das primeiras informações levantadas instantes após o crime. “Bastante exaltado e inseguro, o indivíduo entrou na drogaria e anunciou o assalto. O balconista atendeu prontamente as ordens do ladrão, mas um cliente chegou de repente ao estabelecimento e ficou sem reação. Nessa hora o assaltante ficou nervoso com esse cliente e efetuou dois disparos contra ele”, descreveu Robson Neves.
O baleado, Carlos Alberto da Silva, de 53 anos, vigia de uma padaria vizinha, foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado o Hospital e Maternidade Vital Brazil (HMVB). “Em princípio não houve nenhuma reação do Carlos. Aparentemente o vigia teria ficado parado e, como o assaltante viu que ele não ficou com medo, efetuou os disparos”, analisou o sargento da PM, ressaltando que foi um ato impensado do criminoso. “Possivelmente esse infrator estava sob efeito de substâncias entorpecentes”, disse Robson Neves.
Até o fechamento desta edição, os dois assaltantes que invadiram a drogaria não haviam sido localizados. “Estamos trabalhando no caso e há mais de 20 policiais à disposição. Qualquer informação pode ser repassada à PM de maneira anônima através do 190”, concluiu o sargento Robson Neves.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!