Bandidos rendem comerciante com revólver e dinamite


Polícia
23/01/2012 

ITABIRA (MG) – O comerciante José Pinto Coelho, 52 anos, foi rendido por três bandidos armados com revólveres, que levaram cerca de R$ 10 mil, duas televisões LCD, um computador, uma caixa com 50 maços de cigarro e uma caminhonete Ford Ranger 0km.
O fato ocorreu na rua Ouro Preto, no bairro Jardim das Oliveiras, ao lado do Posto de Saúde da Família (PSF).
Segundo informações por volta das 22h deste domingo dia 22 de janeiro, o comerciante estava tomando banho, quando os bandidos invadiram sua casa e o renderam no banheiro. José Pinto foi amarrado nu ao lado de sua filha Camila Pinto Coelho, 18 anos, enquanto os suspeitos reviravam a casa em busca de pertences de valor.
Em seguida os suspeitos obrigaram o comerciante a abrir os dois cofres da casa, onde foi roubado cerca de R$ 10 mil em dinheiro.
Da casa foi levado também duas televisões de LCD, um computador, duas alianças, dois anéis com brilhante, um cordão com 25g de ouro.
Após revirarem a casa, os bandidos estouraram o caixa da mercearia que fica na parte de baixo da casa e levaram cerca de R$ 100, além de uma caixa com 50 maços de cigarro.
Após a “lmpeza”, os suspeitos pegaram a caminhonete Ford Ranger prata, placa HLG-5654, 0km do comerciante para fugirem.
Quando estavam abrindo o portão da garagem, o filho do comerciante estava chegando em casa, então o suspeito lhe apontou o revólver e o jovem saiu correndo. 
Os suspeitos fugiram em alta velocidade até a rua Bálsamos, que liga o bairro Bálsamos ao bairro Conceição, onde abandonaram a caminhonete e fugiram em um GM Monza prata.
Os policiais militares iniciaram rastreamento ao GM Monza e localizaram o GM Monza prata, placa GPW-5575, estacionado na rua A , no bairro Madre Maria de Jesus, com o motor ainda estalando de quente, indicando que tinha acabado de ser estacionado.
Os militares foram até a casa do dono do carro, que explicou aos PMs que seu filho havia pegado o carro sem sua autorização naquela manhã.
O GM Monza foi revistado, sendo encontrado duas bananas de dinamite, uma delas com a espoleta encaixada na banana, pronta para a detonação.
O carro e as bananas de dinamite foram apreendidas e entregues à Delegacia de Polícia Civil, no bairro Campestre. Os policiais acreditam que as bananas seriam para explodir o cofre caso o comerciante não o abrisse.
O caso foi entregue à PC, que com o nome dos suspeitos, ira investigar o crime, mas até o fechamento desta edição nenhum suspeito havia sido preso.
FABIANO PALAURO - FATOSDEMINAS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!