Briga de vizinhos acaba em assassinato no Veneza

Crime aconteceu no final na noite desta sexta-feira, na Rua Santarém 

IPATINGA – Polícia Militar e Polícia Civil de Ipatinga procuram a dona-de-casa Maria das Dores Rocha, de 44 anos. Ela é acusada de matar o vizinho, o pedreiro Geovane Pinto de Andrade, 28, que perdeu a vida após receber uma facada certeira no peito. O fato aconteceu no final na noite desta sexta-feira (20), na Rua Santarém, no Bairro Veneza. 

 
Reprodução 

Geovane chegou a ser colocado em uma ambulância do Samu


Segundo apurou a Polícia Militar, a mulher teve um atrito com o pedreiro, se armou com uma faca e desferiu um único golpe no tórax dele. Geovane chegou a ser colocado em uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas perdeu a vida ainda na Rua Santarém. Ele foi atingido no coração. 

De acordo com testemunhas, após ferir o vizinho, Maria das Dores embarcou em uma moto e foi para a Avenida Luiza Nascimbene, no Bairro Vila Celeste. Ela teria a intenção de se esconder na casa de um irmão que mora na Rua Pintassilgo, na região do Vale do Sol, mas a PM foi ao endereço e não localizou a suspeita.

O perito Izaque Vasconcelos, da Polícia Civil, analisou o local do homicídio e deverá emitir um laudo para ajudar nas investigações, que ficarão a cargo da Delegacia Adjunta de Crimes contra a Vida (DACcV). Já no Instituto Médico-Legal (IML) de Ipatinga, foram localizados dois papelotes de cocaína nos sapatos de Geovane.
Informações sobre o paradeiro de Maria das Dores podem ser repassadas à polícia de maneira anônima através do disque-denúncia 181. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!