Fabriciano registra 6º homicídio do ano

FABRICIANO - A Polícia Militar de Coronel Fabriciano registrou mais dois assassinatos no último fim de semana. Por volta das 23h de domingo (22), na rua Intendente Gravatá, 197, no bairro Nazaré, José Dias Alves, de 54 anos, foi morto a facadas.
A principal suspeita do crime é a mulher da vítima, Júlia Maria Apolônia, 53 anos. Populares relatam à PM que os dois iniciaram uma discussão, e minutos depois a mulher desferiu um golpe de faca no peito da vítima, que ainda tentou tirar a faca que estava cravada em seu peito.
Os vizinhos tentaram arrombar a porta para socorrer a vítima. Uma equipe dos Bombeiros Militares foi acionada, mas já encontrou José Dias sem vida.
A mulher da vítima, Júlia Apolônia, foi localizada ainda nas proximidades. Ela contou que vivia com José Dias há cerca de três anos e que os desentendimentos com o marido eram constantes, além de ter sido agredida por ele diversas vezes.

LEGÍTIMA DEFESA
Apolônia relatou aos policiais que no domingo José Dias chegou em casa com sintomas de embriaguez e apoderou-se de uma faca da cozinha e tentou agredi-la. Ela negou que tenha matado o marido.
"Ele não era um homem ruim não, mas, quando bebia ele se transformava. Ele pegou uma faca e falou que ia me matar. Foi quando eu consegui empurrá-lo. Mas não fui eu que matei ele não. Não sei como foi que ele foi perfurado", defendeu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!