Inquérito investiga morte de PM após desentendimento entre policiais

Um inquérito vai investigar a morte de um sargento, durante um desentendimento entre integrantes das polícias Civil e Militar, na madrugada deste domingo (15), em Esmeraldas, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A informação foi divulgada, em nota, pela Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) na tarde deste domingo.

A discussão começou em uma festa e terminou em tiroteio. De acordo com o boletim de ocorrência, o sargento do Grupo de Operações Táticas Especiais (Gate), de 23 anos, foi abordado por quatro policiais civis. Segundo a Seds, nenhum dos envolvidos estava a serviço.

A abordagem teria acontecido sob alegação de que o sargento, não identificado como integrante da PM pelos policiais civis, estaria armado. A ação teria desencadeado a troca de tiros.

Além de provocar a morte do militar, o tiroteio deixou duas pessoas feridas. Segundo a Secretaria de Estado de Defesa Social, uma delas é um policial civil. A outra vítima é um homem que estava no local, mas que não teria envolvimento no caso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!