Ipatinga - Morre "Mulher Aranha"


por Diário Popular

23/01/2012 00:00
mulher aranha
O caso da Karine mostra a inexistência de um órgão que dê proteção ao adolescente
IPATINGA - Morreu na madrugada de sábado (22) a adolescente Karine Santos Alfa, 16 anos, mais conhecida como "Mulher Aranha". Ela foi encontrada morta na avenida Guido Marlieri, próximo ao número 125, no bairro Iguaçu. 
A menor chegou a ser socorrida por uma equipe do Samu, mas já estava sem sinais vitais. Karine foi executada com um tiro do lado esquerdo do peito. 
As circunstâncias em que o crime ocorreu ainda não foram esclarecidas. Próximo ao corpo da adolescente, o perito da Polícia Civil encontrou R$150 em dinheiro, uma pedra de crack e um projétil. 
A cápsula deflagrada foi localizada na garagem de um prédio da mesma avenida. A perícia recolheu ainda uma bolsa rosa com marcas de sangue, contendo uma balança de precisão. 
Os objetos estavam na rua Pedras Bonitas, e provavelmente pertenciam à vítima. As provas foram apreendidas e recolhidas à 1ª Delegacia Regional da Polícia Civil. 

Histórico

Karine possuía mais de trinta passagens pela polícia, por furto, arrombamento e uso de drogas. Ela ganhou o codinome ?Mulher Aranha? pela facilidade que tinha em pular muros, telhados e escalar paredes de prédios. Somente no mês de agosto do ano passado a garota foi apreendida 26 vezes. 
Segundo relato da polícia, a adolescente ainda se passava por garota de programa, mas, quando chegava ao quarto de motel, revelava aos homens que era menor de idade e exigia deles dinheiro para que não acionasse a polícia. A última vez que se teve notícia da "Mulher Aranha" ela estava morando com a família em Belo Horizonte.
O capitão Luiz Magalhães, responsável pela 82? Cia. De Polícia Militar, disse que encaminhou à promotoria da Infância e Juventude dois pedidos de internação para a adolescente.
O primeiro ofício foi enviado em 5 de julho do ano passado. O pedido foi reiterado em nova correspondência encaminhada no dia 8 de agosto.
"A primeira vez que pedimos a internação da Karine foi na primeira semana de julho. Entre o dia primeiro até o dia 5, ela foi apreendida quatro vezes. Quando fizemos outro comunicado à justiça, em menos de 30 dias, ela já tinha 11 ocorrências por furto qualificado em residências e arrombamento" afirmou.
O militar declarou também que nenhum pedido encaminhado ao Ministério Público foi respondido pelo promotor correspondente.
"No último ofício encaminhados à justiça uma matéria em que a juíza Ivone Ferreira Caetano, titular de uma vara da Infância e Juventude no estado do Rio de Janeiro, pediu a internação de um menor viciado em drogas com base em proteção integral do adolescente, previsto no do ECA", revelou.

4 comentários:

  1. O que realmente poderíamos fazer pra que histórias trágicas como essa não acontecessem mais!!!
    Até onde começa e termina nossa responsabilidade.

    ResponderExcluir
  2. Também temos que ver o que essa mulher era para a população, ela era exatamente um problema, e o que temos que fazer com problemas nos livrarmos deles, não adianta culpar os orgãos por isso, eles nao deveriam ajudar pessoas que roubam e sim pessoas de respeito que tem difuculdades de verdade, e que nao roubam ninguem por isso! Olha pra essa mulher, não tem futuro nenhum nisso.

    ResponderExcluir
  3. Tambem fui vitima dessa mulher aranha um prejuizo de quase 6000 reais e ela ainda vendia os produtos do furto no mesmo bairro que moro e onde ela ficava enfim pra mim foi tarde que o diabo a tenha...

    ResponderExcluir
  4. Wilber Antonio de oliveira9 de maio de 2012 23:14

    Wilber 09 de maio de 2012 Não conheci a adolescente mais o que estudei do caso e que ela e vitima do sistema sistema este que leva nossos jovens a prostituição e as drogas não dando a eles nenhuma oportunidade de recuperação por isto que sai fora e não aquento mais nossa cidade e pais sem politicas publicas e sem poder nenhum cobrando responsabilidade.

    ResponderExcluir

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!