Justiça determina prisão três sob acusação de estupro de menina de 13 anos em Dezembro


Itabira/MG – A Justiça determinou a prisão de três rapazes com idade entre 19 e 20 anos, sob a acusação de estupro a vulnerável – uma menor de 13 anos.
A Prisão aconteceu na manhã desta sexta-feira 13 de janeiro, onde a Policia Civil cumpriu o mandado de dois e a Policia Militar de um terceiro.
O Delegado Renato Gavião relatou que o crime teria ocorrido no dia 17 de dezembro de 2011, quando os três homens teriam a força levado a menor de 13 anos para um motel da cidade de Itabira.
O crime na época foi registrado pela Policia Militar e a menor levada para fazer exames médicos, sendo constatado o rompimento do hímen e anexado o laudo ao inquérito instaurado pela Policia Civil na época.
O delegado disse que nesta semana dois destes rapazes teriam feito ameaças a família e/ou a vitima. Os pais da menor por sua vez foram ao Fórum Desembargador Drummond onde conversou na Promotoria da Infância e da Adolescência sobre as ameaças, de imediato a promotora pediu o mandado de prisão “Preventiva” que foi expedido pelo MM. Juiz Afrânio José Fonseca Nardy.
O delegado disse ainda que a solicitação de prisão veio de cima para baixo, o inquérito ainda estava em andamento quando a promotora solicitou peças – informações – do inquérito, e assim nesta quinta-feira chegou os mandados para serem cumpridos, assim foi feito e os detidos conduzidos até esta delegacia civil no bairro Campestre.
Em depoimento os rapazes confirmaram que fizeram sexo com a menor, mas que seria com o consentimento da mesma e que após o cometimento do ato a deixaram em outro local diferente daquele que haviam apanhado.
Ainda na sala do delegado ele informou a imprensa sobre a versão da menor que contradiz aos três investigados, que a menor teria informado que na noite do crime, os três rapazes foram por duas vezes a porta da residência de seus pais, que na segunda vez um deles teria puxado-a para dentro do carro, seguindo para o motel, sem nenhuma fiscalização entraram com a adolescente de 13 anos.
No quarto a menor foi segura por dois, porem o primeiro não teria conseguido consumar o ato usando o temor “aqui ta osso”, passando a vez para outro e assim subsequente até retornar naquele inicial, e assim todos consumaram o ato de conjunção carnal. Inicialmente os três teriam usado preservativo.
Passando pela rua a mãe da menor quem a visualizou, com uma das mãos segura no muro e a outra segurando na barriga, após SAE informada do estupro, de imediato chamou a Polícia Militar e a levou ao pronto-socorro, para atendimento médico e registrou o boletim de ocorrência.
Ao final da conversa com a reportagem o delegado deixou claro que mesmo se fosse com o consentimento da vitima, por ela ser menor tal fato é considerado crime de estupro, se preso em flagrante é inafiançável, e neste saco de preventiva, determina a lei que os três fiquem recolhidos até o julgamento.
Presídio: As 12horas desta sexta-feira após prestarem depoimento os três rapazes foram levados para o Presídio de Itabira e a prisão deles comunicada a Justiça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!