4 Pessoas desaparecidas no Vale do Aço

AKR 

Adeilson da Silva Lima, de 34 anos
DESAPARECIDO - Adeilson da Silva Lima, de 34 anos. Ele tem 1,80m de altura, é casado e desapareceu na sexta-feira (13), depois de sair de sua casa na Rua José Silva Pereira, Bairro Perpétuo Socorro, em Belo Oriente. Na ocasião ele vestia camisa rocha, bermuda listrada e calçava chinelos. Segundo sua esposa, ele saiu de casa por volta das 13h numa bicicleta Caloi Poti de cor vermelha, não mais retornando.
DESAPARECIDO - José Carlos Vilela, 27anos, mora na Avenida Pedro Nolasco, Bairro Ideal. Segundo sua esposa, na sexta-feira (13) José Carlos tomou um táxi com destino à estação rodoviária de Ipatinga, para embarcar para a cidade de Rio Piracicaba. Ele está desaparecido desde então. Em contato com seus familiares, eles disseram que nunca José Carlos chegou a seu destino. De acordo com a esposa de José Carlos, ele é usuário de drogas.
DESAPARECIDO - Se encontra desaparecido o motorista de caminhão Nilton Cesar Fernandes, de 42 anos. Ele tem pele parda, cabelo liso grisalho, peso estimado de 90kg e altura estimada de 1,77m. 

Segundo relato do encarregado de transporte da empresa onde Nilton trabalha, ele saiu com um caminhão baú VW 24.250, placa HMV4408, de cor branca. Ele faria entregas nas cidades de Timóteo, Coronel Fabriciano, Belo Oriente e Ipatinga, sendo marcado seu retorno para a cidade de Contagem para o dia 13 de abril.

Na quinta-feira (12), por volta das 14h, ele teria feito contato por telefone com seu encarregado, dizendo que chegaria na sexta-feira (13), ou no sábado (14) pela manhã. Depois disso o encarregado não mais conseguiu entrar em contato com o motorista, que se encontra desaparecido desde então.     

DESAPARECIDA - Marciele de Souza Silva, 14anos, mora na Rua Oito, Bairro Esperança. Ela tem 1,70m de altura, cabelos crespos de cor preta e possui uma tatuagem de fada nas costas. Quando desapareceu ela vestia short jeans, blusa estampada de amarelo e marrom, e usava um chinelo amarelo. Segundo a mãe de Marciele, a adolescente saiu de casa no domingo (15), por volta das 19h, dizendo que ia à igreja Assembleia de Deus, não retornando.

De acordo com o boletim de ocorrência, Marciele teria sido vista no mesmo dia em que desapareceu, por volta das 20h, na Torre da Vanguarda. Ela estaria em companhia de um menor suspeito de estupro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!