Homem que se passava por policial para matar é desmascarado na cadeia

A Polícia Civil apresentou na manhã desta quarta-feira, 11, um dos integrantes do bando que se passava por policiais civis para matar desafetos. Os crimes ocorreram em Ribeirão das Neves, onde o suspeito era chefe do tráfico de drogas de dois bairros.
Investigado desde 2009, Risael Ferreira da Costa é suspeito de seis homicídios, tráfico de drogas, além de ser apontado como assassino de um policial militar em 2006. Ele estava preso desde janeiro no Presídio Antônio Dutra Ladeira, em Ribeirão das Neves, por tráfico de drogas. Na ocasião da prisão, Risael apresentou uma identidade falsa e se passou por outra pessoa. A farsa só foi descoberta porque a polícia desconfiou das frequentes visitas do irmão de Risael ao detento.
Além de responder pelos homicídios, e tráfico de drogas, Risael ainda vai responder por falsidade ideológica. Dos dez integrantes do bando, três foram o presos e sete continuam foragidos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!