Cabo da PM dá tiro acidental na cabeça do filho em BH


Um cabo da Polícia Militar acertou um tiro na cabeça do próprio filho de 17 anos, na tarde desta terça-feira (22), no bairro Glória, região da Pampulha, em Belo Horizonte. O suspeito disse à polícia que teria chamado o jovem para conversar, mas que ele teria o agredido. 

O cabo relatou que sacou a arma, que disparou acidentalmente. De acordo com a PM, o adolescente foi socorrido e encaminhado para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII. O jovem não é filho biológico do militar, mas foi registrado pelo homem quando tinha apenas 2 anos.

Conforme a polícia, o cabo, que é lotado no 34º Batalhão, foi até a casa de sua esposa, de quem estaria se separando, para buscar algumas roupas. No local, a mulher teria pedido para o militar conversar com o filho sobre o estranho comportamento do adolescente. 

Ao tentar falar com o rapaz, ele teria se desentendido com o policial e o agredido com uma vassoura. O cabo alegou que para se defender sacou a arma, uma pistola calibre 380, e apontou para o adolescente. Neste momento, a arma disparou acidentalmente e o tiro atingiu a cabeça do jovem. 

O autor do disparo acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que socorreu a vítima e o encaminhou para o HPS. O militar estaria transtornado com o acidente. Após o incidente, ele se apresentou na 8ª Cia do 34º BPM, onde entregou sua arma.

O adolescente está no bloco cirúrgico para retirar o projétil da cabeça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!