Duzentos militares do exército ocupam ruas em Montes Claros


Soldados irão monitorar pontos críticos de tráfico de drogas em ação integrada ao programa “Garantia da Lei e da Ordem”
Duzentos militares do 55º Batalhão de Infantaria do Exército estão nas ruas e estradas de Montes Claros, no Norte de Minas. Eles vão monitorar três pontos críticos de tráfico de drogas na cidade: os bairros Morrinhos, Vila Mauricéia e Conferência Cristo Rey, mais conhecido como Feijão Semeado.

A ação integra o programa “Garantia da Lei e da Ordem” e garante o treinamento da tropa. Na manhã de segunda-feira (21), 25 militares ocuparam a estrada que liga Montes Claros a Juramento. Motoristas eram parados para verificação dos documentos e o veículo era vistoriado, em busca de armas e drogas.

Segundo o tenente-coronel Aristóteles Martins Rocha, comandante do 55º Batalhão do Exército, as atividades serão realizadas até a próxima semana. Nesse período, os militares vão realizar operações de busca e apreensão, bloqueio e controle de estradas e patrulhamentos urbanos.

A participação do Exército no combate à criminalidade é comemorada pelos moradores. No bairro Morrinhos, o comerciário M., de 33 anos, que pediu para não ser identificado, afirma que os traficantes desaparecem nos períodos em que os militares estão na comunidade para fazer o treinamento.

“Se o Exército ficar aqui por um mês, ajudando a Polícia Militar, espanta os traficantes e traz a paz para o local. Eles não suportariam ficar mais um mês sem vender as drogas. Teriam que abandonar o local”, acredita o morador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!