Exército e PM se unem para conter ataques a bancos







DA REDAÇÃO - A Polícia Militar de Minas Gerais, através da 12ª Companhia Independente de Meio Ambiente e Trânsito, juntamente com o Exército Brasileiro está realizando uma operação conjunta nos estabelecimentos que comercializam e utilizam artefatos explosivos para o exercício de suas atividades, principalmente em pedreiras e mineradoras.


A operação foi uma iniciativa da Polícia Militar e faz parte de uma serie de medidas que estão sendo adotadas pelo Comando da 12ª Região de Polícia Militar, visando conter os arrombamentos de caixas eletrônicos com uso de explosivos. 

A operação foi iniciada nessa quinta-feira (10) em diversos municípios da região do Vale do Aço, como Ipatinga, Belo Oriente, Timóteo, João Monlevade, Caratinga, Nova Era, Rio Piracicaba, Bela Vista de Minas, Barão de Cocais, São Gonçalo do Rio Abaixo, Santa Bárbara, Catas Altas e Itabira.

Estão sendo empregados nesta operação quatro militares do Batalhão de Infantaria do Exército Brasileiro, sediado em São João Del Rey, e cerca de 20 militares do Policiamento Ambiental (12ª Cia PM Ind MAT). A finalidade da operação é verificar a regularidade da comercialização, armazenamento e uso de materiais explosivos, uma vez que esta atividade é de exclusividade do Exercito. À PM cabe a fiscalização ambiental nestes empreendimentos.

Além destas medidas, esta sendo intensificado o patrulhamento e a fiscalização nas rodovias estaduais e federais no período noturno, principalmente nas vias de acesso aos municípios que compõem a região. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!