Quadrilha de arrombadores de caixas eletrônicos, presa em Caratinga



Portal Caparaó 

Foram presos sete suspeitos de pertencerem a uma quadrilha de arrombadores de caixas eletrônicos, resultado de ação conjunta entre as Polícias Civil e Militar
CARATINGA - Na madrugada desta sexta-feira (4), uma operação conjunta das Polícias Civil e Militar levou à prisão de sete pessoas, e a apreensão de uma adolescente, na Rua Frei Venâncio, no Bairro Salatiel em Caratinga. Eles são suspeitos de pertencerem a uma quadrilha que arromba caixas eletrônicos de agências bancárias da região. 

Participaram da operação quatro policiais civis e 16 militares. Nela foram presos: Marcelo Wagner Santos, 26 anos, Mauro da Silva Brandão, 27 anos, Wesley Silva Rodrigues, 19 anos, Fabiano Pereira da Silva, 29 anos, Alessandro Alves do Carmo, o Leco de 32 anos, Fillipe Moreira Quirino, de 21 anos, e Jackson Pereira da Silva, 20 anos. A polícia confirmou que a menor apreendida era namorada de um dos bandidos.

Todos os presos possuem passagens pela polícia, alguns deles por tráfico de drogas, roubo e outros delitos. Com eles foram apreendidas drogas, 10 munições calibre 380, R$ 3.201 em dinheiro, sete telefones celulares, chips de celular, carteiras de habilitação e documentos de veículos.

O capitão da Polícia Militar Walter Soares comentou a operação: “Depois que foram deflagradas as explosões de caixas eletrônicos, a PM tem feito um trabalho de fiscalização das atividades de algumas pessoas que podem estar envolvidas. Ficou constatado que dois dos que foram apresentados aqui participaram dessas ações”, disse.

A Polícia Civil vinha fazendo o monitoramento, que se intensificou após o arrombamento do Caixa Eletrônico do Sicoob em Santa Rita de Minas, em abril deste ano. Na semana passada foi apreendido uma pistola israelense e um revólver calibre 38, que seriam de Fillipe Moreira Quirinho, 21 anos, o “Filipim Branco”. Filipe é suspeito de envolvimento em vários roubos na cidade de Ipatinga e arrombamentos de caixas eletrônicos na região.

Portal Caparaó 

O delegado regional de Caratinga, Gilberto Simão de Melo e o capitão da Polícia Militar Walter Soares
 Na ocasião a polícia agiu seguindo um mandato de busca e apreensão, no Bairro Nossa Senhora Aparecida, em Caratinga. Entretanto, Filipe conseguiu fugir pulando uma janela. Já naquela época, havia a desconfiança da existência de uma quadrilha especializada em arrombamentos seguidos de furtos. Segundo a polícia, existe grande possibilidade de “Filipim Branco” estar envolvido na explosão do caixa de Santa Rita de Minas.

O delegado regional de Caratinga, Gilberto Simão de Melo, também comentou sobre a operação. “Vínhamos monitorando o Filipe e através dele chegamos aos outros”, comentou. Gilberto disse ainda que existe a possibilidade deles responderem por aliciamento de menor, por terem sido encontrados juntos com uma adolescente de 15 anos, além de roubo e tráfico de drogas. Todos foram autuados em flagrante por diversos crimes, além de formação de quadrilha.

Segundo o delegado os suspeitos provavelmente ficarão sob pisão preventiva. A polícia acredita que existam várias quadrilhas nas regiões de Ipatinga e Governador Valadares, e que a quadrilha do Vale do Aço tenha ramificações em Caratinga. “Existem mais de uma quadrilha e acredito que desarticulamos parte de alguma delas”, finalizou o delegado Gilberto.

(Fonte Portal Caparaó)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!