Vendia gel de cabelo como se fosse remédio


BRAÚNAS - Genilson Romão da Silva, de 38 anos, foi preso por estelionato na manhã desta quarta-feira (23), no Córrego do Cedro, zona rural de Braúnas. De acordo com a polícia, ele se passava por médico para vender remédios caseiros. 

A Polícia Militar agiu depois de receber informações de que um indivíduo estaria se aproveitando da simplicidade de suas vítimas para vender produtos milagrosos, prometendo cura para todo tipo de enfermidades.

Depois de rastreamento os militares conseguiram localizar Genilson. Com ele foram encontrados vários produtos de produção caseira com os frascos deteriorados, sem marcação de data de fabricação ou validade. Além disso, em um de seus bolsos foi encontrado a quantia de R$719.De acordo com uma de suas vítimas M.V.C. de 83 anos, ela teria pagado R$100 por cinco frascos do produto, tendo comprado também um frasco de gel fixador para cabelo como se fosse medicamento. Genilson foi preso por estelionato e encaminhado para a delegacia de Ipatinga, onde teve a prisão ratificada pelo delegado de plantão. 


Lavrador preso com maconhaO lavrador M.F.A., de 30 anos, foi preso na manhã de quinta-feira (24) em uma fazenda na zona rural de Braúnas. No bolso de sua calça, policiais militares encontraram uma porção de maconha. M.F.A. foi apresentado na delegacia da cidade de Mesquita, juntamente com a droga apreendida.    

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!