Esposa mata policial militar


DONA DE CASA, 45 ANOS, FOI PRESA, SUSPEITA DE MATAR O MARIDO, O CABO REFORMADO DA PM, NILSON DE ALMEIDA E SILVA, DE 46 ANOS. ELE FOI MORTO QUANDO DORMIA, EMBRIAGADO, NO SOFÁ DE SUA RESIDÊNCIA


Pierry Aires

Rosimar Maria de Paulo, de 45 anos, teria confessado que aproveitou o estado de embriaguez do marido para matá-lo
DA REDAÇÃO - Uma dona de casa de 45 anos foi presa na última segunda-feira (25) suspeita de assassinar seu marido, um cabo reformado da Polícia Militar de Ipatinga, no distrito de São Geraldo do Tumiritinga, em Tumiritinga, na região do Vale do Rio Doce. 

Nilson de Almeida e Silva, de 46 anos, teria sido assassinado pela esposa, Rosimar Maria de Paulo, no fim da tarde de segunda-feira. Ela disse à polícia que vinha sofrendo ameaças e agressões físicas por parte da vítima e teria confessado que, não suportando mais a pressão, aproveitou o estado de embriaguez em que seu marido se encontrava para matá-lo. 

O cabo foi morto enquanto dormia no sofá de sua residência, na zona rural do distrito que fica a 40 minutos de Governador Valadares. De acordo com a dona de casa, ela discutiu com o marido e foi agredida por ele durante o dia. O policial reformado saiu de casa e teria voltado bêbado por volta das 18h. 

Aproveitando da embriaguez do marido, que dormiu rapidamente, a mulher teria usado uma barra de ferro para golpear a cabeça da vítima várias vezes. O ex-cabo morreu na hora. 

Depois do crime, a dona de casa pegou uma carona com um desconhecido e, na altura da ponte do bairro São Raimundo, que liga São Geraldo do Tumiritinga a Governador Valadares, jogou um saco de nylon no Rio Doce. Dentro do saco, que foi localizado pelos policiais com a ajuda da suspeita, estava uma barra de ferro, que teria sido usada no homicídio, uma luva, uma tolha suja de sangue e quatro pedras.

Na casa do casal, os militares apreenderam duas espingardas de fabricação caseira, que não foram usadas no crime e seriam de propriedade do ex-cabo. A dona de casa foi autuada em flagrante e encaminhada ao Presídio Municipal de Governador Valadares.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!