2000 vagas para concurso da PMMG

Folha da Manhã
Jésus Luiz Lemos
A cúpula da Defesa Social do Estado de Minas esteve presente em Passos nesta terça-feira (3) para discutir o alto índice de violência que vem aterrorizando a população nos últimos dois anos. O encontro teve a participação de várias autoridades locais e estaduais, sendo criado um cronograma de ações para tentar combater a violência na cidade. Também foi decidida a criação de um Centro de Prevenção à Criminalidade e outro Socioeducativo, para internação e ressocialização de menores infratores.
Veja sessão de fotos
O evento aconteceu no plenarinho da Câmara Municipal de Passos, com a presença do secretário de Defesa Social, Rômulo Ferraz; o deputado estadual e secretário de Desenvolvimento Social, Cássio Soares; o comandante geral da Polícia Militar, coronel Márcio Martins Sant´Anna; o chefe de gabinete da Polícia Civil de Minas Gerais, Jésus Trindade; o comandante da 18ª Região da PM, de Poços de Caldas, coronel Edilson Ivair Costa; além do prefeito José Hernani da Silveira (PMDB), vereadores, o comandante do 12º Batalhão da PM, tenente-coronel Ronaldo Resende dos Anjos, o delegado regional Carlos Alves Francisco e representantes do Poder Judiciário, Ministério Público e Defensoria Pública, entre outros.
Centros
Dentro do cronograma de ações definidas, a reunião definiu como ‘urgente’ a necessidade da criação de um Centro de Prevenção à Criminalidade e um Centro Socioeducativo para internação de adolescentes infratores na cidade, que já poderá entrar em funcionamento até o final do ano, entre outros programas de prevenção por parte das Polícias Civil e Militar.
Durante o encontro, o prefeito José Hernani da Silveira entregou ao secretário um termo de doação de um terreno com 20 mil metros quadrados, para ser construída a ‘Casa do Menor’.
Em entrevista à Folha, o secretário Rômulo Ferraz disse que agora vai ser encaminhado um projeto de Lei para sacramentar a doação e, assim, poder iniciar a construção da unidade socioeducativa de Passos. “Porém, enquanto esta unidade não é construída nós vamos tentar identificar um imóvel do Estado dentro do município, que não esteja sendo utilizado, pra criar um centro provisório que possa abrigar entre 30 ou 40 adolescentes”, diz ele, salientando que enquanto isso, os menores-infratores para os quais ele garantiu as vagas serão internados em outros centros fora de Passos.
De fora
Vários comerciantes da cidade, moradores e representantes do movimento ‘Passos pela Paz’ estiveram na Câmara Municipal de Passos para participar da reunião com a cúpula da Segurança Pública de Minas Gerais, porém não puderam participar da discussão. O evento, que chegou a ser divulgado que seria aberto ao público, aconteceu a portas fechadas.
Muitos comerciantes saíram revoltados do local, depois de serem barrados na porta do plenarinho. A própria presidente da Associação Comercial e Industrial de Passos (Acip), Marisa Salgado Lauria, que convidou todos os filiados, esteve no local e não participou do encontro.
Uma comerciante da cidade, que foi assaltada quatro vezes, questionou o fato de ter havido um convite a toda a população.“Para ser uma reunião a portas fechadas poderia acontecer em qualquer lugar e não precisaria vir aqui em Passos e nem chamar ninguém”, diz outro comerciante, também vítima de assalto, que não quis se identificar.
Reforços
Questionado pela reportagem, o secretário Rômulo Ferraz disse que o efetivo policial não é suficiente na região, tanto na Polícia Militar como na Civil. Mas ele garantiu que este problema deverá ser solucionado nos próximos meses, com a nomeação de centenas de delegados e escrivães e a abertura de concurso público para 2 mil militares.
“O efetivo não é suficiente em todo o Estado de Minas Gerais e Passos não é diferente, mas as medidas que podem ser adotadas têm sido amplamente amparadas pela iniciativa minha, secretário, e pelo comandante da PM e chefe da PC, postulando não só a abertura de concursos, mas também a nomeação de candidatos aprovados, como é o caso da PC”, disse Ferraz.

Um comentário:

  1. Será que realmente o concurso sai dessa vez? houve muitas especulações até agora, mas nada de concreto, espero que o secretario cumpra com sua palavra.

    Obrigado aos pracinhas.

    Grande abraço.

    ResponderExcluir

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!