Motorista que tombou carreta com ácido na BR-381, morreu hoje.

Carreta que transportava ácido sulfúrico
O motorista da carreta que tombou com uma carga de ácido sulfúrico na segunda-feira na BR-381 morreu na madrugada desta terça-feira. De acordo com a assessoria de imprensa da Fundação Hospitalar de Minas Gerais (Fhemig), Wilson Domingos Júlio, de 60 anos, teve 90% do corpo queimado pela substância e foi socorrida para o Hospital João XXIII. A morte ocorreu às 3h45 desta terça.

 
O acidente aconteceu em Nova Era, por volta das 15h, no km 328 da rodovia. Wilson perdeu o controle da carreta, com placa de São Bernardo do Campo (SP), ao sair de uma curva no sentido BH-Ipatinga. O veículo bi-trem transportava 23 mil litros do produto químico. Os dois tanques furaram e Wilson foi atingido pelo ácido. Uma viatura da Polícia Civil também atingida pelo produto e o condutor foi socorrido com queimaduras de primeiro e segundo graus.

Técnicos do Núcleo de Emergência Ambiental (NEA) da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Semad) devem começar ainda nesta terça as análises sobre os danos causados pelo derramamento de ácido sulfúrico no leito do Rio Piracicaba. A substância chegou ao rio pela galeria pluvial. Houve mortandade de peixes, segundo a prefeita da cidade, Laura Araújo. De acordo com ela, uma retroescavadeira e 10 caminhões com terra foram enviados ao local para fazer a contenção do ácido, sob orientação de militares do Corpo de Bombeiros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!