Polícia de Londres fecha bordéis

  • Ao menos dez bordéis foram fechados em bairro ao leste de Londres desde 2010
Receber a Olimpíada é uma ótima oportunidade de crescimento no turismo e comércio de uma sede. Mas em Londres não é todo mundo que poderá lucrar com a realização dos Jogos. As prostitutas inglesas vêm se queixando do aumento de rondas policiais, que pretendem “limpar” a cidade.
Segundo um estudo realizado por um conselheiro municipal, desde setembro de 2010 pelo menos dez bordéis foram fechados no bairro de Newham, que abriga boa parte do Parque Olímpico no leste de Londres.
“Nos últimos anos temos visto um aumento real da atividade policial a respeito das trabalhados do sexo nos bairros olímpico”, afirmou Georgina Perry, que coordena um projeto respaldado pelo governo local de ajuda às prostitutas da cidade.
“Algumas viram tantos bordéis serem fechados que agora trabalham nas ruas, o que é muito menos seguro. E as que que estão nas ruas são ordenadas pela polícia a abandonar o lugar. Não as querem lá durante os Jogos Olímpicos”, completou Perry.
A prostituição não é ilegal no Reino Unido, desde que seja feita em casas especializadas. Nas ruas, a captação de clientes é proibida. Muitas das mulheres que trabalham com isso vêm do leste europeu ou do Brasil.
A polícia nega ter multiplicado as rondas antes da Olimpíada e enfatiza que os controles e fechamentos correspondem a “preocupações das comunidades locais”.
Para Perry, a repressão coloca em perigo as prostitutas ao jogá-las para zonas não familiares.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!