Ônibus pega fogo após acidente com moto na BR-381, em São Gonçalo do Rio Abaixo


SÃO GONÇALO DO RIO ABAIXO (MG) - Um acidente grave envolvendo uma motocicleta e um ônibus da empresa Gontijo, que fazia o itinerário Belo Horizonte/Euclídes da Cunha (BA), deixou uma pessoa morta por volta das 22h10 desta segunda-feira (13).
Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente ocorreu no km-364 da BR-381, em São Gonçalo do Rio Abaixo, próximo ao Recanto da Cascata. O ônibus placa GXH-5567 de Curvelo (MG), era conduzido por Fernando Alves Lisboa, 30. No veículo viajavam 17 passageiros e todos saíram ilesos deste acidente.
Segundo a passageira Cristiane Vasco Pereira, 36, o ônibus teria saído de Belo Horizonte às 19h40. “Eu ouvi um barulho, como se um pneu estivesse estourado, em seguida o ônibus começou a pegar fogo na parte da frente, e todos os passageiros tentavam sair ao mesmo tempo. Foi uma sensação horrível”, disse a passageira.
O condutor da moto Wanderley Vicente Gonçalves, 43, que seguia sentido João Monlevade/Belo Horizonte, não resistiu aos ferimentos e morreu no local após os dois veículos baterem de frente. Com a colisão, o ônibus pegou fogo. Um caminhão pipa esteve no local e conteve incêndio, mas praticamente tudo já havia sido consumido pelas chamas.
Segundo Renato Lima Santana, 75, que também viajava no ônibus, toda sua bagagem foi perdida no incêndio, que destruiu toda a parte superior do veículo. “Perdi tudo, só saí com a roupa do corpo, até meus documentos ficaram dentro do ônibus”, lamentou o aposentado.
Após a colisão, a moto ficou presa debaixo do ônibus e foi arrastada por cerca de 100 metros, o que teria provocado o incêndio. O corpo do motociclista também ficou preso sob o ônibus e foi arrastado por cerca de 40 metros do local da batida, até se soltar e ficar sobre a rodovia.
O incêndio destruiu quase todas as bagagens dos passageiros, que estavam no compartimento de carga. O Corpo de Bombeiros de Nova União esteve no local, mas o fogo já havia sido controlado.
De acordo com a PRF, o motociclista provavelmente, teria perdido o controle do veículo ao sair de uma curva e invadido a pista contrária. Por causa do acidente, o trânsito ficou completamente fechado na rodovia nos dois sentidos por cerca de 1h30, até que o fogo fosse controlado.
Por volta das 23h30, a pista no sentido Belo Horizonte foi liberada pela PRF, que alternava no sistema pare/siga. A empresa Gontijo enviou outro ônibus para que os passageiros pudessem seguir viagem.
O perito Marcus Vinícius, da Polícia Civil de Itabira esteve ao local e após colher informações sobre o acidente, liberou o corpo da vítima que foi encaminhado para o necrotério do Cemitério da Paz, em Itabira.
Um laudo sobre as causas do acidente deve sair em 30 dias. A motocicleta não foi identificada no local pela perícia.
FONTE: O Popular JM - Fotos Bell Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!