PM prende homem que praticava furtos em serie no Centro

2


Itabira/MG - A Policia Militar obteve êxito em prender um homem que vinha praticando uma serie de pequenos furtos e assalto simulando estar armado.
Já foram identificado na ultima semana ao menos cinco comércios do centro e bairros próximos ao Centro.
Na tarde desta sexta-feira, 3 de agosto, a Central de Monitoramento do Olhar Atento, instalada na Central de Operações da Policia Militar no 26*BPM, assim que recebeu um chamado via 190 sobre um homem suspeito de ter furtado em uma farmácia na Avenida João Pinheiro, Centro de Itabira, passou a fazer o monitoramento de pessoas com as características semelhantes, moreno, blusa verde, e bermudão.
Em poucos minutos o suspeito foi visualizado entrando em outro comercio da mesma avenida “Sabor da Empada”, onde fez um lanche rápido e ao invés de pagar colotou a mão debaixo da blusa dizendo que estava armado e que era para a balconista passar o dinheiro do caixa, num rompante a mulher xingou o homem dizendo que não iria entregar e que era para o mesmo rachar o fora, assustado o suspeito deixou o local seguindo para Rua Água Santa onde ainda era monitorado pelas câmeras que repassava o trajeto para as guarnições que realizavam o rastreamento.
Naquela rua suspeito foi abordado pelos Militares e identificado como sendo Givanildo Reis Gonçalves, de 28 anos, ao ser questionado sobre os fatos ocorridos, ele acabou confessando ter cometido, as supostas tentativas de assaltos, na farmácia havia anunciado da mesma forma o assalto, porem desistiu quando pessoas se aglomeraram no caixa.
Segundo relatos do Sargento Adalberto, responsável pela prisão e registro da ocorrência, em data anterior Givanildo teria praticado mesma modalidade de crime na loja de variedades Bagatela, na rua Salvino Pascoal, e em uma lanchonete no Hospital Nossa Senhora das Dores, e agora mais este dois comércios.
Diante aos fatos foi dada voz de prisão ao Givanildo Reis Gonçalves, que disse ser usuário de drogas e estaria fazendo isso porque estaria devendo drogas em uma boca de fumo do bairro Bethânia onde reside. Relatando ainda ser a primeira vez em que vai preso, e não usa qualquer tipo de arma, somente usa das palavras e coloca a mão debaixo da camisa simulando estar armado.
Levado até a presença das vitimas, Givanildo foi reconhecido em seguida levado para a Delegacia de Polícia Civil, no bairro Campestre onde foi ratificado o flagrante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!