Homem é rejeitado pela mulher e agride filho de apenas um mês de vida

Populares despiram o rapaz e o agrediram, mas o autor conseguiu fugir.
29/10/2012 


SANTA MARIA DE ITABIRA (MG) – Filipe Darles de Oliveira, 20 anos, foi despido, depois violentado por moradores de Santa Maria de Itabira, após agredir seu próprio filho de apenas um mês de vida, porque a mãe da criança não queria reatar o namoro.
O fato ocorreu na noite deste domingo dia 28 de outubro, na rua Leon Procópio, no bairro Marilia Costa.
Segundo informações, Felipe Oliveira há cerca de quatro meses está em busca de reatar o namoro com a mãe de seu filho. Neste domingo o rapaz estava em mais uma tentativa frustrada de reatar e diante da recusa, pegou seu filho no colo, ameaçou matá-lo e começou a agredi-lo, mordendo o pescoço e apertando o corpo da criança que tem apenas um mês de vida.

Diante da agressão, parentes da mulher, despiram totalmente o rapaz, em seguida começaram a agredi-lo, mas Felipe Oliveira conseguiu fugir tomando rumo ignorado. 
A criança foi levada ao hospital da cidade, onde foi acompanhada pelo doutor Marcelino Jesus de Souza, que acompanhou a transferência da criança ao pronto-socorro de Itabira. O bebê estava com fratura no braço, uma mordida no pescoço de aproximadamente 5 cm, além de várias escoriações pelo corpo.
Policiais militares conseguiram convencer os populares de não atearem fogo na motocicleta do rapaz, que foi completamente apedrejada.
Uma faca que estava com Felipe Oliveira, além de seu aparelho celular, foram deixados para trás no momento da fuga.
FABIANO PALAURO – FATOSDEMINAS


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!