Jovem pivô de escândalo entre policias é executado

O JOVEM FOI PIVÔ DE UMA GRANDE POLÊMICA ENVOLVENDO DENÚNCIAS DE TORTURA CONTRA A POLÍCIA MILITAR E DE CORRUPÇÃO NA POLÍCIA CIVIL DE CORONEL FABRICIANO 

AKR 

CORONEL FABRICIANO - Natanael Alves de Abreu, de 25 anos, foi executado a tiros por volta das 22h50 do domingo (28). O corpo dele foi encontrado na Avenida Brasil, Bairro Santa Cruz, em Coronel Fabriciano, já sem vida e crivado de balas. O jovem foi pivô de uma grande polêmica envolvendo denúncias de tortura contra a Polícia Militar e de corrupção na Polícia Civil de Coronel Fabriciano.De acordo com os militares que atenderam a ocorrência, o corpo de Natanael foi encontrado já sem vida. O local foi isolado e preservado, e o perito Gilmar Miranda esteve no local, realizando os trabalhos de praxe. Ele encontrou 12 perfurações no corpo da vítima, causadas por projeteis de arma de fogo. Os policiais militares encontraram no local cinco cartuchos deflagrados de munição calibre 38, que o perito mandou anexar ao Boletim de Ocorrência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!