15 homicídios, onda de violência assusta São Paulo

Atiradores abriram fogo contra frequentadores de um bar em Osaco, na Grande SP (Vinicius Pereira/Folhapress )

Região metropolitana tem um dos fins de semana mais turbulentos do ano. Foram computadas pelo menos 15 mortes e 21 feridos em assaltos, chacinas e confrontos entre PMs e bandidos

Publicação: 26/11/2012 07:52 Atualização:


No primeiro fim de semana depois da posse do novo secretário paulista de Segurança Pública, Fernando Grella Vieira, a Região Metropolitana de São Paulo registrou pelo menos 15 mortes e 21 feridos em assaltos, combates entre a Polícia Militar (PM) e bandidos e ataques a bares de Osasco e São Bernardo do Campo. O número de mortes na madrugada de ontem é superior à média diária de assassinatos no mesmo mês do ano passado, que foi de 6,6 vítimas. Segundo a Polícia Civil, que investiga os casos, a maioria deles teve características de execução, com homens em motos passando atirando contra pessoas que estavam em bares ou nas ruas.

Quatro pessoas morreram na madrugada de ontem, entre elas uma criança de 10 anos, por volta das 4h, atingidos por tiros enquanto estavam em um bar na esquina da Rua Manaus com a Rua Fortaleza, em Osasco, na Grande São Paulo. No local, outras 11 pessoas ficaram feridas e foram encaminhadas para o Hospital Rochdalle.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!