Bandido que atirou em Soldado do 41º BPM é preso fazendo sexo com a sogra


Leidson Gelbert de Almeida, já conhecido do meio policial por envolvimento em assaltos,foi preso no dia 6 de novembro, no bairro Minas Caixa, região de Venda Nova, em Belo Horizonte. Ele é suspeito de atirar na cabeça de um policial durante um roubo a uma fábrica de jóias na capital em outubro. No momento da prisão, Almeida foi flagrado fazendo sexo com a própria sogra.
Segundo as informações da Polícia Militar, ele e outros dois suspeitos, Leonardo Vieira e Marcelo Tadeu de Jesus Côrreia, conhecido como Dupel, já praticaram diversos roubos em BH e na região metropolitana. Eles chegaram a levar cerca de R$ 550 mil em jóias de um estabelecimento do bairor Floresta, região leste da capital. Segundo as investigações, eles agiam no interior e também em outros Estados. O material era levado para fora de Minas Gerais.
Ainda segundo a PM, ainda está sendo apurado se foi realmente Almeida quem disparou os tiros que atingiram o policial. Júnior Caetano de Oliveira chegou a ficar cerca de 40 dias internado, mas teve alta na última quinta-feira (22).
Na época do crime, a quadrilha de Almeida rendeu a gerente do estabelecimento, que fica no Barreiro, e a levou pela manhã para retirar objetos de valor do local. Com a chegada da viatura, no entanto, eles fugiram e houve tiroteio. Almeida ficará detido no Ceresp de Betim, na região metropolitana. As apurações continuam para localizar os demais envolvidos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!