Após rebelião, 30 presos são transferidos do Presídio


Trinta presos que estavam no Presídio deItajubá (MG) foram transferidos após a rebelião que durou quase nove horas nesta terça-feira (25). Um detento morreu e um agente penitenciário ficou ferido. Segundo a Subsecretaria de Administração Prisional (Suapi), o detento Roberto Cândido da Costa Pereira Júnior, de 31 anos, cumpria pena por tráfico de drogas e danos ao patrimônio. Conforme o órgão, a forma como o detento morreu está sob investigação da Polícia Civil.
O agente penitenciário que ficou ferido, William Oliveira, de 29 anos, já foi liberado do hospital e passa bem. O Presídio de Itajubá, inaugurado em 2009, tem capacidade para 302 presos, mas até esta terça-feira, tinha 460 pessoas.
A rebelião
O motim começou por volta de 7h, quando presos de dois pavilhões do persídio tomaram seis agentes reféns durante a contagem dos presos. Ainda conforme a Suapi, a Polícia Militar foi acionada para dar apoio aos agentes e as negociações para o fim do motim duraram cerca de nove horas. O subsecretário da Suapi, Murilo Andrade Oliveira, foi chamado na cidade para ajudar nas negociações. A rebelião só foi controlada por volta de 16h desta terça-feira.
Segundo a Polícia Militar, o detento teria tentado matar um agente penitenciário, o que gerou uma reação e a consequente morte do preso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!