Grávida é agredida pelo companheiro no Canaã



IPATINGA – No último sábado (8), militares receberam denúncia de lesão corporal ocorrida na Rua David, bairro Canaã, em Ipatinga. Edmar Agostinho dos Santos, 36, é acusado de ter agredido a companheira I. M. S. M., 33, que está grávida de dois meses. Embriagado e aparentando ter feito uso de entorpecentes, ele foi preso em flagrante.
A vítima, que informou ter sido espancada sem motivos assim que Edmar chegou em casa, sofreu escoriações no braço esquerdo e chegou a ter um dente arrancado, em razão dos muitos socos e chutes que a atingiram.
Ainda em depoimento à Polícia, I. M. S. M. afirmou que já havia sido agredida anteriormente. Ela dispensou atendimentos médicos. Sua barriga não chegou a ser atingida pelas agressões. A vítima teria revelado a alguns vizinhos que deverá voltar a morar com seus pais, em São João do Oriente.
Edmar Agostinho dos Santos será indiciado com base na Lei Maria da Penha e também responderá pelo crime de lesão corporal.
Violência contra a mulher já internou mais de 5 mil vítimas
Em levantamento realizado pelo Ministério da Saúde, 5.496 mulheres vítimas de agressões foram internadas no Brasil em 2011, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS). Ainda segundo os dados encomendados pela Agência Brasil, no ano passado, a violência contra as mulheres causou, somente com internações, um gasto de R$ 5,3 milhões aos cofres públicos.
Além das vítimas internadas, 37,8 mil mulheres, entre 20 e 59 anos, precisaram de atendimento no SUS por terem sido vítimas de algum tipo de violência. O número é quase 2,5 vezes maior do que o de homens na mesma faixa etária que foram atendidos por esse motivo, conforme dados do Sistema de Informações de Agravos de Notificação (Sinan), do Ministério da Saúde.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!