Monomotor faz pouso forçado em milharal e deixa dois feridos em Oliveira


A cabine da aeronave ficou completamente destruída Havia o risco de explosão, pois um galão de 20 liros de combustível foi encontrado dentro da aeronave. Vítimas foram encaminhadas para o hospital da cidade. Duas pessoas ficaram feridas em um acidente com um monomotor na tarde desta segunda-feira na Zona Rural de Oliveira, na Região Centro-Oeste de Minas Gerais. De acordo com a Polícia Militar, a aeronave, prefixo PRIG, sofreu uma pane e o piloto fez um pouso forçado em uma plantação de milho. As vítimas chegaram a ficar presas às ferragens. O piloto do monomotor Roque Lacerdino Teixeira, de 55 anos, afirmou aos militares que a aeronave apresentou problemas técnicos e por isso teve de fazer o pouso forçado. O passageiro que estava com ele, Júlio César Fernandes, de 29, também se feriu. “A situação mais grave é do piloto que reclamava de dores nas pernas, coluna e ferimentos no rosto”, afirma o sargento Vinício dos Santos. s dois foram socorridos por enfermeiros de uma ambulância da cidade e pelos próprios militares. “A frente do avião ficou completamente destruída. Tivemos dificuldade no resgate, pois os dois chegaram a ficar presos às fuselagens”, explicou o sargento. As vítimas foram encaminhadas para o Pronto Socorro do Hospital Municipal da cidade. O estado de saúde delas ainda não foi informado. Havia o risco de explosão no local, mas a situação foi controlada pela PM. “No avião havia um galão de 20 litros com combustível que seria usado para o reabastecimento. Isso poderia causar explosão. Mas tudo foi normalizado”, explica o sargento. As vítimas não conseguiram dizer aos militares o destino delas. O local do acidente foi totalmente isolado e a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) foi acionada para fazer a perícia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!