“Papel”, é executado em Fabriciano

CORONEL FABRICIANO – Na Rua Dezesseis, bairro Silvio Pereira II, Ênio Ribeiro de Souza, que completaria 29 anos nessa quarta-feira (26), popularmente conhecido como “Papel”, foi morto ao ser atingido por seis disparos de um revólver calibre 38 no fim da manhã de domingo (23), sendo três tiros na cabeça, dois na mão direita e um nas costas. O suspeito do assassinato ainda não havia sido localizado até o fechamento desta edição.
Por meio de denúncia anônima via nº 190, a Polícia foi informada de que o suspeito de ter efetuado os disparos é um homem de 30 anos, que possui um mandado de prisão em aberto por roubo. O perito criminal Hebert De Mingo compareceu ao local do crime e recolheu dois projéteis.
A PM ainda informou que Papel saiu recentemente da prisão e que ele possuía várias passagens por tráfico de drogas, roubo, agressão e até tentativa de homicídio.


 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!