Polícia Militar apreende 20 quilos de maconha


Segundo um dos acusados, droga foi trazida de Mato Grosso em uma motocicleta

Uma lista com relatório de movimentação do tráfico também foi apreendida        (Crédito: Gizelle Ferreira)


FABRICIANO – Uma grande quantidade de droga foi apreendida ontem (10) à tarde no bairro Alipinho, em Coronel Fabriciano. A polícia já tinha conhecimento de que Leandro Wagner Justino, 22 anos, traficava na localidade e, nesta segunda-feira (10), novas denúncias anônimas repassadas à PM deram conta de que o acusado teria deixado uma grande quantidade de droga na casa Johnatha Gabriel Santos, 19 anos. 

Com a informação, a Polícia Militar realizou um cerco e bloqueio até o bairro Melo Viana, onde conseguiram abordar Johnatha em companhia de seu primo R.V.N., também acusado de envolvimento com o esquema. O cabo Juliano disse que, ao encontrar a dupla, explicou o motivo pelo qual seriam detidos, quando então acabaram confessando. “Ele (Johnatha) realmente assumiu a autoria da droga e disse que teria adquirido a maconha do Leandro. Ao chegarmos à casa do Johnatha, no Alipinho, deparamos com 20 quilos de maconha em uma mochila”, disse o policial. 

Em continuidade às diligências, Leandro foi encontrado em casa, na rua João Teixeira Benevides, também no bairro Alipinho. Ao ver a polícia, ele tentou fugir, mas acabou sendo preso e confessou que trouxe a droga do estado do Mato Grosso em uma motocicleta. 
Os entorpecentes, segundo o acusado, já estavam na região há pelo menos quatro meses. “Nós temos informações de que eram mais drogas, porém ele já teria vendido uma boa parte”, explica o cabo Juliano. 

CONTABILIDADE
Junto com a maconha, a polícia ainda achou um relatório do tráfico. Nele, consta a quantidade vendida, valor comercializado e os nomes dos devedores com os débitos relacionados. A polícia acredita que a quantidade de entorpecentes revendida seja maior que a apreendida na tarde de ontem. “Nós fizemos uma contabilidade aí rápida e pelo que nós notamos, levando em consideração a lista, ele já movimentou aí cerca de uns 50 quilos de drogas”, finaliza o policial. 

Embora os acusados tenham confessado a autoria do crime, eles não quiseram dar entrevista. Leandro estava tranquilo, dando risadas o tempo todo. Já as mães de R. e Johnatha estavam revoltadas com os filhos e alegaram não saber do envolvimento dos jovens com o tráfico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!