Policiais de Itabira e Marliéria realizam Operação Aquática Piracema


Entre os dias 26 e 28 de novembro, 21 militares do Meio Ambiente e Trânsito (3º e 4º Pelotões – Marliéria e Itabira) realizaram a Operação Aquática Setorial Piracema no Parque Estadual do Rio Doce e áreas limítrofes da amortização. Durante a fiscalização, ações preventivas com vista à sensibilização dos usuários do setor pesqueiro e ao público em geral enfatizaram a importância do período da reprodução dos peixes. As ações visaram ainda coibir a captura dos espécimes nos cursos d’água durante a Piracema.
A operação ocorreu nos pontos críticos e em lagoas existentes no Parque Estadual do Rio Doce. O parque está situado na porção sudoeste do Estado, a 248 Km de Belo Horizonte, na região do Vale do Aço, inserido nos municípios de Marliéria, Dionísio e Timóteo.
 
No Rio Doce é possível encontrar espécies da avifauna, como o beija-flor besourinho, chauá, jacu-açu, saíra, anumará, entre outros.  Animais conhecidos da fauna brasileira também são frequentes no Parque: capivara, anta, macacos-prego, paca, cotia, bem como espécies ameaçadas de extinção, como a onça pintada, o macuco e o mono-carvoeiro, maior primata das Américas.
 
Os 21 militares envolvidos nos dias das atividades apreenderam: seis redes de emalhar, uma fisga, três pássaros da fauna silvestre, uma tarrafa, quatro boinhas, quatro armas de fogo, frascos de chumbo, pólvoras e espoletas e dois veículos furtados. Duas pessoas foram presas e encaminhadas à delegacia. Foram registrados 14 boletins de ocorrência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!