Policial põe fogo em jovem e é preso em flagrante

São Paulo. Um policial foi preso em flagrante pelos próprios colegas após ter ateado fogo em um rapaz na madrugada de ontem no bairro Americanópolis, em São Paulo.

O crime aconteceu após dois rapazes, que estavam em uma moto, terem ficado sem gasolina. Eles pararam a moto e pediram ajuda a um casal, que se dispôs a buscar o combustível. Logo depois, quatro policiais abordaram os dois. Após checarem o histórico dos rapazes, eles descobriram que ambos tinham passagem pela polícia.

O policial Maurício Penny Ribeiro, 33, sugeriu que eles estivessem armados. Quando o casal voltou com o combustível, o policial, que estava discutindo com os rapazes, pegou o recipiente, derramou o combustível em cima dos dois e ateou fogo.

Uoshington Ramalho da Silva, 19, começou a pegar fogo na calçada. Willian Gonçalves da Silva, 22, conseguiu fugir e não se feriu. Diante da cena, os outros três policiais prenderam o colega em flagrante.

Ele responderá por tortura e tentativa de homicídio. De acordo com a Secretaria da Saúde, Uoshington teve de 50 a 60% do corpo queimado. Ele está internado, sem previsão de alta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!