Sargento da Aeronáutica que confessou ter abusado de 10 mulheres disse que "não sabia como parar"


08/12/2012
sargento da aeronáltica acusado de estuprar 10 mulheres
Moto usada por Edvaldo tinha uma caveira na placa (Reprodução)
O sargento da Aeronáutica Edvaldo Silva Rodrigues Júnior, de 34 anos, confessou na noite desta sexta-feira (7) ter abusado sexualmente de dez mulheres em apenas dois meses. Entre as vítimas, duas adolescentes. Outras cinco mulheres conseguiram fugir do militar, que usava uma moto com uma figura de uma caveira na traseira.

Em justificativa, o militar disse que não sabia como parar e que precisava de ajuda psicológica. “Eu só não sabia como fazer para parar”. Edvaldo teve a prisão temporária decretada pela Justiça.

De acordo com a polícia, os ataques se intensificaram nesta semana. Nas últimas 72 horas, o sargento atacou uma vítima a cada dia, sendo que o último estupro ocorreu na manhã desta quinta-feira, no Engenho de Dentro, quando, em uma ação ousada, o sargento atacou a vítima dentro de um condomínio e a levou à escada do prédio. “Você não vai fazer nada que já não tenha feito antes”, teria dito ele, conforme depoimento da vítima.

Exemplar em casa e um terror nas ruas


Edvaldo, conforme familiares, era um marido exemplar. Sua esposa, que esteve na delegacia, disse estar envergonhada com os crimes. O casal se conheceu ainda na adolescência e completariam um ano de casado neste domingo.

Entretanto, a imagem de bom moço era restrita ao ambiente familiar, pois, conforme a investigação, quando saía de casa, circulava de moto pelas ruas da região Norte à procura de mulheres atraentes, se tornando agressivo. Ameaçava as vítimas de morte e as estuprava em plena luz do dia. Nestes dois últimos meses, abusou de dez mulheres e outras cinco conseguiram fugir.

As investigações apontaram que ele era metódico. Saía de casa às 7 horas, em Honório Gurgel, com a sua moto preta com adesivos de caveira, escorpião e Coringa. Levava a mulher para o trabalho e depois começava sua procura por vítimas. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!