Agente de polícia finge interesse em pedofilia e prende suspeito


Homem foi preso em flagrante depois de marcar um encontro com o policial.
Duas vítimas já foram identificadas; computador com fotos foi apreendido.

Do G1 GO com informações da TV Anhanguera
25 comentários
Um agente da polícia civil se passou por interessado em pornografia e conseguiu reunir provas para prender em flagrante um suspeito de praticar o crime de pedofilia, na quarta-feira (23), em Caçu, região sudoeste de Goiás.
Após 20 dias de investigação, o agente pediu fotos de crianças ao rapaz, que as enviou. Um encontro entre os dois foi marcado para que o suspeito também pudesse lhe passar  vídeos de menores. 
Foi nesse momento que a polícia efetuou a prisão na casa do suspeito. No computador dele, que foi apreendido, várias fotos pornográficas de crianças foram encontradas.
Até agora, uma garota de 4 anos e outra de 14 já foram identificadas como vítimas do rapaz. A polícia vai continuar investigando para saber se ele teria praticado o crime contra mais pessoas.
"Com a apreensão do computador dele, será feito uma perícia onde verificaremos a profundidade do envolvimento dele e se havia outras crianças sendo abusadas", explicou o delegado Elexandre Cézar Rossingnolo, responsável pelo caso.
Segundo o delegado, o suspeito responderá por pelo menos três crimes, entre eles estupro de vulnerável e produzir ou reproduzir cenas pornográficas.
O suspeito é formado em Gestão Ambiental e dá aulas na rede pública de ensino.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!