Detento foge e deixa tornozeleira de monitoramento para trás


Militares do Batalhão de Rondas Táticas Metropolitana (Rotam) encontraram, na tarde deste sábado, uma tornozeleira de monitoramento de detentos violada na rua Contorno, na altura do número 78, no bairro Maria Virgínia, região Noroeste de Belo Horizonte.
Segundo a Subsecretaria de Administração Prisional (Suapi), o rompimento da tornozeleira do preso Rodrigo Catrinque de Oliveira, de 29 anos, condenado por homicídio, foi registrada às 17h25. No momento em que o aparelho foi rompido, a Unidade de Monitoração Eletrônica da Suapi acionou a Polícia Militar para realizar buscas. A PM apreendeu o equipamento mas, até o momento, não localizou o preso.
 
Rodrigo estava em regime aberto e utilizava a tornozeleira eletrônica desde o dia 20 de dezembro de 2012. O preso agora é considerado foragido. 
 
Atualizada às 21:57-OTEMPO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!