Inusitado


Homem é baleado, mas vai para boate e motel antes de pedir socorro à polícia

Um caso ainda pouco esclarecido intriga a polícia em Uberlândia, no Triângulo Mineiro. Um homem, de 33 anos, foi baleado após brigar com pessoas que, segundo ele, estariam tentando roubar sua motocicleta. Porém, antes de ser socorrido ou de chamar a polícia, o homem foi para uma boate e um motel da cidade. Ele só buscou atendimento quatro horas depois de ser baleado.

De acordo com os militares, Jarbas Rodrigues foi baleado no bairro Chácara Tubalina por volta das 1h30 quando fazia uso de crack com um grupo de pessoas debaixo de uma árvore. O homem contou aos policiais que dois homens sendo um deles negro e usando calça jeans e boné e um outro de cor branca tentaram roubar a motocicleta Honda CG Titan, de cor vermelha. Para evitar o roubo, o Rodrigues teria iniciado uma briga corporal com os homens. Um deles atirou no peito e no braço esquerdo de Jarbas. Em seguida, da dupla fugiu.

Jarbas e um amigo dele saíram do local e foram para a boate Mary. De lá, eles seguiam para o motel Dallas, no bairro Planalto. Só então, por volta das 5h10, o homem chamou a polícia. Ele foi socorrido e encaminhado para o Hospital de Pronto-Socorro da Universidade Federal Uberlândia.

Um carro com marcas de sangue foi encontrado em um outro ponto da cidade. A polícia suspeita que o veículo tenha sido usado pelo homem para fazer o deslocamento. Rodrigues não soube explicar aos policiais o porquê de não ter buscado por socorro imediatamente e nem como fez o deslocamento da cena do crime para a boate e o motel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!