Menor é executado com 12 tiros em Ipatinga

COM DIVERSAS PASSAGENS PELA POLÍCIA, PEDRO HENRIQUE REZENDE XAVIER, DE 17 ANOS, JÁ ESTARIA JURADO DE MORTE 

AKR 

Encontrado morto na manhã dessa terça, Pedro Henrique já possuía passagens pela Polícia por furto, roubo, porte ilegal de arma de fogo, envolvimento com drogas e tentativas de homicídio
IPATINGA – O jovem Pedro Henrique Rezende Xavier, 17, foi encontrado morto nas proximidades do bairro Vila da Paz, em Ipatinga, por volta de 7h15 da manhã dessa terça-feira (8). Com diversas passagens pela Polícia por furto, roubo, porte ilegal de arma de fogo, envolvimento com entorpecentes e até tentativas de homicídio, o menor acabou assassinado em uma estrada vicinal próxima ao Ribeirão Ipanema. O perito Izaque Vasconcelos constatou 12 perfurações provenientes de arma de fogo no corpo do rapaz.

Segundo o Cabo Reginaldo, a PM foi informada, por meio de denúncia anônima, que o corpo da vítima se encontrava ensanguentado no local. De acordo com conhecidos de Pedro Henrique, que estaria sendo ameaçado de morte, o menor possuía envolvimentos com o tráfico de drogas. 

Junto ao corpo, os policiais encontraram uma pedra de crack e um invólucro contendo cocaína que estavam em sua mão direita, além de um aparelho celular na cintura do jovem e cápsulas de arma de fogo calibre 380 próximas ao cadáver.

Reprodução 

Pedro Henrique Rezende Xavier, 17 anos
Uma tia de Pedro Henrique, então morador do bairro Vila Celeste, em Ipatinga, revelou que a família havia tentado, sem sucesso, inúmeras ações para tirá-lo das drogas, incluindo diversos apelos por meio da imprensa, porém, o esforço foi em vão.

“Foram várias tentativas que, infelizmente, não adiantaram. Ele era doente e usava drogas. Corri muito atrás de soluções, mas não deu certo. Procurei ajuda até em emissoras de rádio, pedindo para salvar meu sobrinho e tirá-lo das drogas, mas também não deu certo”, confirmou a tia do adolescente, que, mesmo achando ser difícil, confia que a Justiça encontrará quem assassinou seu sobrinho. Pedro Henrique Rezende Xavier deixou um filho de oito meses.

AKR 

Os policiais encontraram uma pedra de crack e um invólucro contendo cocaína, que estavam em sua mão direita
“Por mais que ele estivesse errado, a gente lamenta pela morte dele. Todo mundo sabia que o meu sobrinho vinha sendo ameaçado. Quem se envolve nesse mundo de drogas, está sujeito a isso. Está sujeito a ser assassinado”, finalizou a tia da vítima.

O corpo de Pedro Henrique foi velado na Igreja Presbiteriana da Rua Garça, no bairro Vila Celeste, e será sepultado na manhã desta quarta-feira (9), no Cemitério Parque Senhora da Paz, no bairro Veneza.

Sexto homicídio de 2013
O menor executado na Vila da Paz é a sexta vítima de homicídio em Ipatinga somente nos oito primeiros dias do ano. Na Região Metropolitana do Vale do Aço (RMVA), a cidade registra o maior número de assassinatos em 2013. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!