Minas está na rota do trem-bala

Ainda em 2013 deverá ser concretizado o estudo de viabilidade para a inclusão de Minas Gerais no projeto do trem-bala. A linha seria interligada ao atual projeto que atende a Rio e São Paulo e incluiria Curitiba, Belo Horizonte e o Triângulo Mineiro.

O estudo ajudaria a definir o traçado desse trecho, já que, atualmente, existem divergências entre especialistas sobre o melhor caminho para o trem - as possibilidades são passando por Volta Redonda (RJ), acompanhando o traçado da ferrovia do aço, ou seguindo a BR-381, por Campinas e pelo Sul de Minas.

A informação foi confirmada na manhã de ontem pelo presidente da Empresa Brasileira de Logística (EPL), Bernardo Figueiredo, a quem cabe a gestão de R$ 133 bilhões dos recursos destinados pelo governo federal para o plano de infraestrutura, que prevê investimentos em rodovias, ferrovias e hidrovias. Apenas a linha de Trem de Alta velocidade (TAV) entre as cidades do Rio e São Paulo tem custo estimado de R$ 35 bilhões.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!