Minas Gerais registra aumento no consumo de crack em 2012


Diversas cidades mineiras registraram um aumento significativo no consumo de crack em 2012. Em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, a droga foi a mais apreendida ao longo do ano, fazendo com que a polícia encontrasse cerca de 13.500 pedras. 
A cocaína também tem alcançado altos índices de consumo no município. No ano passado, a apreensão da cocaína em pasta foi 926% maior do que 2011. A droga em tablete também teve um aumento de 196%, em papelote o crescimento foi de 117% e, em pó,19%.
Já em Juiz de Fora, na Zona do Mata, o crack é a droga mais consumida, ultrapassando a maconha e a cocaína, segundo a Polícia Militar. Em contrapartida, a faixa etária dos usuários é cada vez menor. Só na última quarta-feira (23) foram apreendidas 100 pedras de crack na cidade, além de duas porções maiores da droga, com uma adolescente de 16 anos. No acumulado de 2012, as apreensões somaram 28.167 pedras. 
Segundo a polícia, uma das razões para o aumento no consumo do crack no Estado se deve ao fato da droga ser mais barata que cocaína e maconha, por exemplo, e causar forte dependência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!