Mulher tira a roupa em protesto, é reconhecida como foragida e é presa


Record Minas
serra
Denise foi condenada a seis anos de prisão por roubo

Denise Dias estava no Aglomerado da Serra, em BH, onde ficou nua para criticar PM

Imagens de protestos de moradores do Aglomerado da Serra, na região centro-sul de BH, ajudaram a polícia a encontrar uma foragida da Justiça depois de nove meses. A mulher era justamente a que tirou a roupa na frente de policiais para protestar contra a truculência dos agentes. Ela havia sido condenada a seis anos de prisão por roubo.
Denise Aparecida Dias da Silva, 44 anos, conhecida como Paredão, foi presa dentro de casa, na rua Alipio Goulart, na Vila Marçola, dentro do próprio aglomerado. O tenente Fernando Braga, da 127ª Cia do 22º Batalhão, afirma que as imagens divulgadas pela imprensa levaram a polícia à foragida.
Ônibus é incendiado no aglomerado da Serra em protesto contra morte de jovem
Policial que matou jovem no Aglomerado da Serra é detido em flagrante
— As imagens foram essenciais para o reconhecimento e, a partir disso, o setor de inteligência do Batalhão desenvolveu a estratégia para prendê-la. Também conseguimos identificar outros suspeitos de participação em crimes diversos no Aglomerado que, agora, são procurados.
Denise foi levada para a 3ª Delegacia Sul, onde presta depoimento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!