Pai atira no próprio filho viciado para defender a família ameaçada de morte


16/01/2013

Um pai foi obrigado a atirar no próprio filho, dependente químico, que ameaçava matar a irmã mais nova, caso não lhe entregassem dinheiro para comprar drogas. O caso bizarro aconteceu na noite de terça-feira (15), em Santos, no litoral paulista.

De acordo com a polícia, um homem, de 32 anos, fugiu de uma clínica de reabilitação onde estava internado e tentou entrar no apartamento do pai.
Como não conseguiu, começou a quebrar a janela da cozinha, que fica no corredor do prédio. Para se defender, o pai atirou duas vezes e, no terceiro disparo, atingiu a perna do filho, que caiu no chão do corredor do quinto andar do prédio.
A Polícia Militar e o Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU) foram acionados. O filho foi encaminhado para o Pronto Socorro Central de Santos e o pai foi levado para a delegacia.
O síndico do prédio disse que essa não foi a primeira vez que o rapaz tentou invadir a casa da família e trouxe prejuízo para o condomínio.
O pai do invasor, em depoimento para a polícia, revelou que o filho estava internado em uma clínica de reabilitação porque é dependente químico.
Ele (o filho) teria teria fugido do local na terça-feira, quando começou a ameaçar a família, dizendo que se não lhe dessem R$ 3 mil em dinheiro iria matar a própria irmã.
O filho foi preso pelo crime de extorsão e o pai foi liberado depois de pagar uma fiança de R$ 340. Ele deve responder pelo crime de posse irregular de arma de fogo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!