Quase 40 mil motoristas são abordados em BH durante a campanha "Sou pela Vida. Dirijo sem Bebida"


Quase 40 mil motoristas foram abordados em Belo Horizonte desde o início da campanha “Sou pela Vida. Dirijo sem Bebida”, que completou um ano e meio de funcionamento na capital nesta segunda-feira (14). Ao todo, cerca de 2,5 mil condutores foram autuados por dirigir embriagados.
Em números absolutos, a campanha abordou, desde o seu lançamento em julho de 2011, 39.451 mil veículos em Belo Horizonte. Foram, ao todo, 2.522 condutores autuados por embriaguez ao volante, sendo 651 por crime (por dirigirem com nível de álcool no sangue acima de 0,34 mg/l) e outros 1.871 por infração de trânsito (por dirigirem com índice de álcool no sangue entre 0,14 e 0,33 mg/l ou por se recusarem a soprar o bafômetro).
Somente a partir de 21 de dezembro, quando foi publicado no Diário Oficial da União o texto que torna a Lei Seca mais rígida, foram 3.543 motoristas abordados e 141 autuados. Todos eles perdem o direito de dirigir por um ano e pagam multa de R$ 1.915,40, sendo que os autuados por crime de trânsito são também processados conforme determina o Código de Trânsito Brasileiro (CTB).
Para o subsecretário de Promoção da Qualidade e Integração do Sistema de Defesa Social, Robson Lucas da Silva, o resultado deste um ano e meio de trabalho é bastante positivo. “É importante ressaltar a preocupação do poder público com a Lei Seca, que vem sendo demonstrada na medida em que a legislação ficou mais rigorosa e também a partir do momento em que o Estado, com o esforço dos órgãos que integram a campanha, está intensificando cada vez mais as abordagens”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!